quarta-feira, abril 05, 2006

Dos elogios e dos exageros

Relacionamentos virtuais são uma coisa fantástica. O Lafayette, que eu só conheço pela internet, disse hoje que eu devo ser uma pessoa "sensacional".

Quando trabalhava numa redação em Porto Alegre com gente em São Paulo, a impressão que muita gente tinha era de que eu era "sensacionalmente insuportável". Justiça seja feita, muitos não mudaram de opinião quando nos conhecemos pessoalmente.

Eu desenvolveria este assunto, mas agora estou com preguiça.

10 Falaram:

At 6/4/06 02:44, Blogger Joelma said...

Querida, se não fosse esse fantástico mundo virtual eu não estaria casada há quase, deixa ver... três anos! :) Viva nós, que somos meio nerds e nos encantamos virtualmente pelas pessoas. Tu, por exemplo, é encantadora. :)

 
At 6/4/06 13:29, Anonymous Lafayette said...

Cássia, de longe todos somos normais.
E olha só que coisa! Tava pensando em como expressar, aqui, que gosto de conhecer pessoas, e que tenho certa aflição quando penso em quantas estão por aí, gente boa, da melhor qualidade que não terei oportunidade de trocar, sequer, uns bits de informação, quando, sem um pingo de inspiração, cliquei (nunca tinha feito), nos teus arquivos à esquerda e fui lá pra "Dezembro de 2003" e você me deu a medida: "Noite muito boa com novas amigas de infância. Uma grande descoberta perto dos 30: ainda se pode conhecer pessoas novas e bacanas, que têm tudo a ver conosco...". Saudações.

 
At 6/4/06 13:35, Anonymous Lafayette said...

Ah, e num é que gostei de revirar, e olha que encontrei.

"Quinta-feira, Janeiro 22, 2004

Ai, ai, ai...

Até ontem só a minha irmã sabia da existência desse diário de bobagens aleatórias. Agora abri para três pessoas de quem gosto muito.

Sejam bem-vindos! (Mas, plis, mantenham-nos no anonimato usando apelidos nos comments, ok? ;-)

Medo do Google, sacumé..."

Pôxa, cairia muito bem em coments do teu post de 23 de março: "Medo". Né ?!

 
At 7/4/06 01:17, Blogger Fernanda Souza said...

Hahaha que engraçado!
Estes dias entrei no blog do Lafayette e vi que tinha um link pro blog da Coruja. Ela estava ali pertinho de mim e perguntei se ela conhecia ele. Ela disse que não. A Mirella estava passando e também comentou que só conhecia ele pelos blogs afora. Daí comentamos que quem deveria conhecer ele era tu, Cássia!!!

 
At 7/4/06 08:06, Anonymous Lafayette said...

Ei, peraí, como a Dona Coruja não sabe quem sou? Pergunta pra ela quem me deu uma das dicas de como tentar (sem conseguir, é claro) traduzir "GAUDÉRIO - Vitor Ramil (poema de João da Cunha Vargas)"?!

Nesse negócio de blog próprio, sou novo. Tenho vários textos que escrevo, mas tenho, também, um total bloqueio em publicá-los.

Pela Cássia, pela Fernanda, Dona Coruja etc, confirmei uma tese que desde que escutei, há tempos, "Nossa cidade é muito grande, e tão pequena. Estamos longe demais das capitais..." (Humberto Gessinger), bolei: Porto Alegre e Belém, tirando o frio, têm muito em comum.

 
At 7/4/06 11:56, Blogger Fernanda said...

Oba! Eu posso dizer que acho você sensacional "ao vivo" MESMO!!! Beijos.

 
At 7/4/06 11:56, Blogger Fernanda said...

Oba! Eu posso dizer que acho você sensacional "ao vivo" MESMO!!! Beijos.

 
At 7/4/06 18:04, Blogger Fernanda Souza said...

A Coruja não te conhece pessoalmente hehe

 
At 7/4/06 18:23, Blogger Fernanda Souza said...

Quis dizer que não conhece pessoalmente o Lafayette!!!

hahaha

 
At 7/4/06 19:16, Anonymous Yara said...

Até a minha mãe é BEM mais legal morando em SP e eu em POA. Não daria pra ser diferente com os virtuais, né? A convivência é cruel.
Um beijo, Cássia!

 

Postar um comentário

Link

Criar um link

<< Volta