domingo, abril 03, 2005

A força das palavras

Sou bem neurótica com o uso adequado das palavras. Sou implicante com algumas. Certas manias eu herdei de antigas chefes a quem respeito muito e aprendi com excelentes professores, outras foram surgindo (e seguem aparecendo) com o trabalho diário nas redações e nas traduções e com a leitura de gente boa (e implicante) como o Ricardo Freire.

  • Detesto disponibilizar
  • Tenho pavor de iniciar e encerrar mal aplicados
  • Sinto urticária com a palavra colocar em qualquer hipótese (qual o problema com botar?)
  • Não entendo quem acessa sites
  • Ainda fico indignada com quem varia o verbo haver equivocadamente, e sempre os hão (sic)
  • Fico irritada com trocas desnecessárias do eloqüente verbo dizer por coisas esdrúxulas como salientar, ressaltar, ressalvar e quetais.

A lista é longa, mas por ora o desabafo é este...

0 Falaram:

Postar um comentário

Link

Criar um link

<< Volta