quinta-feira, março 03, 2005

Vamos lá! Força!

Quando eu jogava vôlei, meu treinador dizia que me mantinha sempre no time – mesmo quando eu não estava num dia bom – porque eu não deixava o ânimo da equipe cair. Hoje eu me sinto tentando fazer isso diariamente. No trabalho, com o Márcio, com a minha família. Acho que é uma doença. Deve se chamar "síndrome de cheerleader".

Será que tem cura?

0 Falaram:

Postar um comentário

Link

Criar um link

<< Volta