terça-feira, janeiro 25, 2005

Presentão

Há exatos 38 anos, ganhei um dos maiores presentes da minha vida. Eu ainda não existia por essas bandas, mas Deus resolveu dar uma vantagem de sete anos para ele se preparar pra mim. E eu ganhei o melhor companheiro do mundo. O cara que se parece tanto comigo que chega a ser irritante. Que é tão diferente de mim que às vezes eu me pergunto o que estamos fazendo juntos. Que me ensina todos os dias e me obriga a ensiná-lo todos os dias. Que às vezes me faz chorar, mas me faz rir muito mais. Que ri comigo. Que chora as pitangas. Que me ouve. Que me ignora. Que ouve músicas lindas. Mas que às vezes ouve Emílio Santiago. Que implica com as minhas fraquezas e exalta as minhas virtudes. Que assiste a Magnum P.I. e tem todos os discos do James Taylor. Que eu sei que me ama. A quem eu tenho certeza que amo.

0 Falaram:

Postar um comentário

Link

Criar um link

<< Volta