sexta-feira, dezembro 19, 2003

E eu que achava que nunca ia cair nessa vidinha. Comecei várias vezes, mas nunca parecia ter o que dizer. Continuo sem ter o que dizer, na verdade. Mas, agora, who cares? Talvez acabe gostando dessa história de atirar aqui as idéias que não tenho coragem de dizer em voz alta ou assinando embaixo (por infantis, cretinas, estúpidas ou clichês que me pareçam).

0 Falaram:

Postar um comentário

Link

Criar um link

<< Volta